Não menospreze os exercícios de alongamento

postado em: medicina | 0

Antes de qualquer atividade física, é necessário fazer um aquecimento e uma boa sequência de exercícios de alongamento. Assim, você avisa o corpo de que logo estará iniciando movimentos que fogem da normalidade.

Não menospreze o alongamento. Ele serve para a manutenção ou, no caso de principiantes, aumentar a flexibilidade do corpo. Essa ampliação é necessária, pois os exercícios físicos, em geral, requerem movimentos mais longos.

A falta dos exercícios de alongamento, portanto, pode comprometer o treino, fazendo com que a pessoa se canse mais e aumentando a incidência de lesões musculares.

Mas nada de exageros. Eles também poderão prejudicar os músculos. Além disso, não se esqueça de realizar o alongamento ainda no final do treino, de modo a ajudar o corpo a voltar ao seu ritmo normal.

Os benefícios da prática de Yoga

postado em: medicina | 0

Muitos brasileiros descobriram a ioga durante a quarentena. Além de equilibrar corpo e mente, vale salientar, a prática melhora também a imunidade. É um exercício que não leva à hipertrofia muscular, mas, deve-se ressaltar, aumenta a força dos músculos. Isso é extremamente importante para manter as articulações como as dos joelhos em seu devido lugar. Estudos em torno dos benefícios para o cérebro, a saúde mental, a coluna, as artérias, o coração e o sono crescem exponencialmente.

Doenças degenerativas da coluna: você sofre com uma delas?

postado em: medicina | 0

A degeneração é um desgaste natural proveniente do envelhecimento. Algumas pessoas, no entanto, apresentam desgastes patológicos ou doenças degenerativas da coluna, como a discopatia degenerativa, a artrose facetária, a estenose espinhal, a espondilolistese degenerativa e a escoliose degenerativa.

Nesses casos, a degeneração se agrava de modo desproporcional e, geralmente, localizado, provocando lesões e quadros clínicos específicos, com sintomas severos e, portanto, necessidade de tratamento especializado.

Os sintomas, vale ressaltar, incluem, principalmente, dor local ou irradiada para os membros e alterações neurológicas por compressão das raízes nervosas.

Para cada caso há um tipo próprio de tratamento, e a Ortopedia Regenerativa oferece uma série deles. Com base na medicina regenerativa, a chamada medicina do futuro, sempre privilegiamos os minimamente invasivos.

Quer saber mais? Ligue pra gente: 21. 3282-5222 ou 3171-3171. Se preferir, envie-nos uma mensagem pelo WhatsApp 21. 99593-6660. Será sempre um prazer cuidar de você.

Para diminuir os riscos de contusões

postado em: medicina | 0

Artigos científicos indicam que treinamentos com múltiplos componentes – ora valorizando equilíbrio e flexibilidade, ora priorizando força e explosão – estão entre as melhores estratégias para escapar de contusões. Nas mulheres, reduzem em 27% as chances de contusões em geral e em até 45% os riscos de rompimento do ligamento cruzado anterior do joelho. E elas são as que mais sofrem encrencas nessa articulação, em razão dos quadris mais largos. Assim, tendem a empurrar os joelhos levemente para dentro, o que favorece desgastes nessas juntas.

Conheça a viscossuplementação: a injeção de ácido hialurônico

postado em: medicina | 0

Você sofre com artrose leve ou moderada no joelho, degeneração ou desgaste da cartilagem, lesões por sobrecarga, impacto ou instabilidade?

Uma das técnicas de tratamento que exploramos é a viscossuplementação, que nada mais é que a injeção de ácido hialurônico diretamente dentro da articulação do joelho.

Com o procedimento, repomos a quantidade de ácido hialurônico que foi alterada pelo processo inflamatório. A grosso modo, é como lubrificar as articulações para aliviar a dor e a rigidez. Indicado conforme o grau da lesão, é simples, só leva alguns minutos e permite rápida reabilitação.

Para saber mais, ligue 21. 3282-5222 ou 3171-3171 e marque sua consulta. Você também pode nos escrever pelo WhatsApp 21. 99593-6660.

Bloqueio de dor guiador por ultrassom

Indicado para tratar dores na coluna lombar e cervical, nos ombros, joelhos e no quadril, o bloqueio de dor guiado por ultrassom é rápido, minimamente invasivo, de baixo risco, efeito imediato e sem exposição à radiação.

Realizado por médicos especializados em intervencionismo da dor, o procedimento permite, como o nome indica, um bloqueio no local que gera a dor, através da visualização no ultrassom.

Primeiro, realiza-se o que chamamos bloqueios-teste. Uma vez que o paciente relata sentir-se melhor, ou seja, que foi encontrado o local exato da dor, faz-se um segundo procedimento visando parar o funcionamento do nervo que gera a informação de dor para o cérebro.

Este segundo procedimento pode ser, por exemplo, uma proloterapia,que é uma terapia injetável com uma combinação de produtos químicos. O número de injeções varia conforme o caso, podendo oferecer alívio por tempo prolongado ou até permanente.

Para saber mais, ligue pra gente. Agende sua consulta pelos tels. 21. 3282-5222 ou 3171-3171. Estamos à disposição também pelo WhatsApp 21. 99593-6660.

Novas diretrizes da OMS destacam a importância da atividade física em todas as idades

postado em: medicina | 0

As novas diretrizes da OMS têm como principal objetivo evitar a inatividade física, em qualquer idade. Isso porque, a inserção do hábito de praticar atividades físicas ainda na infância ou na adolescência tende a se tornar uma herança para a vida adulta. Quanto mais ativo, menos chance a pessoa tem de se tornar sedentária. Observe as recomendações, a seguir.

Crianças e adolescentes (5 a 17 anos)

  • Realizar no mínimo 60 minutos de atividade física com intensidade de moderada a intensa por dia, principalmente aeróbica;
  • Realizar atividades aeróbicas intensas e atividades de fortalecimento muscular e ossos pelo menos três vezes por semana;
  • Limitar o tempo de sedentarismo, principalmente quando essa faixa etária está em frente a telas (smartphones, tablets e computadores)

Adultos (18 a 64 anos)

  • Fazer, no mínimo, entre 150 e 300 minutos de atividade física aeróbica de intensidade moderada ou entre 75 e 150 minutos de atividade vigorosa por semana;
  • Fazer também atividades de fortalecimento muscular com intensidade moderada ou alta que envolvam os principais grupos musculares pelo menos duas vezes por semana

Idosos (65 anos ou mais)

  • Fazer, no mínimo, entre 150 e 300 minutos de atividade física aeróbica de intensidade moderada;
  • Praticar exercícios de fortalecimento muscular em dois ou mais dias da semana;
  • Trabalhar o equilíbrio e força com intensidade alta ou moderada pelo menos três vezes na semana

Mulheres grávidas e puérperas

  • Realizar, pelo menos, 150 minutos de atividade física aeróbica de diferentes tipos e de intensidade moderada durante a semana
  • Fazer exercícios de fortalecimento muscular
  • Alongar
  • Evitar atividades com risco de queda

Você já ouviu falar em medicina intervencionista da dor?

O contexto atual, de pandemia, vem aumentando as queixas relacionadas às dores crônicas e agudas.

E não à toa. O estresse gerado pela falta de convívio social, o home office sem adaptação necessária, a diminuição da prática de atividades físicas e a despreocupação com a postura em casa contribuem bastante para os quadros de dor.

É nestes casos que entra o médico intervencionista da dor, uma das especialidades da Ortopedia Regenerativa. Com técnicas minimamente invasivas, ele encontra a causa da dor, diagnostica o problema e trata o paciente.

A maioria dos procedimentos são realizados a nível ambulatorial, com uma sedação leve e liberação do paciente poucas horas depois. Assim, ele tem o sofrimento aliviado e restabelece mais rapidamente sua rotina.

Você quer saber mais a respeito de nossos tratamentos? Ligue 21. 3282-5222 ou 3171-3171 e marque sua consulta. Se preferir, você pode ainda nos enviar uma mensagem pelo WhatsApp 21. 99593-6660.

Será um prazer cuidar de você.

Dor nas costas: saiba como proteger a sua coluna

postado em: medicina | 0

De acordo com a OMS, a expressão “dor nas costas” bateu o recorde de buscas no Google nos últimos meses.
Veja, a seguir, algumas dicas pra que você proteja melhor a sua coluna e evite as dores.

  • Ao se deitar de lado, coloque um travesseiro entre a cabeça e o ombro e outro entre as pernas;
  • Ao deitar de barriga pra cima, coloque um travesseiro embaixo dos joelhos e outro embaixo da cabeça;
  • Evite dormir de bruços, pois força a coluna;
  • Flexione as pernas para elevar um objeto pesado do chão;
  • Use um colchão ortopédico ou semi-ortopédico, de acordo com o seu peso e altura;
  • O travesseiro não deve ser muito fino nem muito macio, pra não alterar a curvatura da coluna;
  • Ao ficar de pé, contraia os músculos da barriga e das nádegas periodicamente;
  • Ao trabalhar em frente a uma mesa ou no computador, mantenha as costas retas, apoiadas no encosto da cadeira e as pernas debaixo da mesa, evitando cruzá-las.
  • Não carregue mochilas ou sacolas, com o peso de um só lado;
  • Evite trabalhar com o tronco totalmente inclinado durante as atividades domésticas.

Lesões meniscais: comuns inclusive entre os atletas

postado em: medicina | 0

O menisco é a cartilagem responsável pelo amortecimento do joelho.

As lesões meniscais ocorrem em jovens, especialmente atletas, em razão de traumas e sobrecarga, e em indivíduos com mais de 40 anos, associadas ao desgaste natural.

Podem causar dores, edemas, inchaços, travamento do joelho, mas também podem ser assintomáticas.

Se você desconfia do problema, conte com a Ortopedia Regenerativa. Ligue 21. 3282-5222 ou 3282-5333. Se preferir, agende sua consulta pelo WhatsApp 21. 96433-6994.