A Ortopedia evoluiu muito e hoje, antes de uma cirurgia, há tratamentos minimamente invasivos capazes de tratar com eficácia, lesões e outras doenças. Associada à Medicina Regenerativa, a Ortopedia utiliza ortobiológicos tais como ácido hialurônico, entre outros, e também diferentes técnicas como bloqueio de dor via ultrassonografia, mapeamento do corpo do paciente pela termografia, identificando lesões, e ainda o tratamento através da fotobiomodulação ou ledterapia, para estimular as células a se regenerarem.

A Medicina Regenerativa tem muito para contribuir para a Ortopedia. No Brasil, muitos estudos ainda se encontram em fase de pesquisa, por exemplo, os estudos com células-tronco. Hoje, a extração e utilização das células-tronco se tornou muito mais fácil e acessível. Elas podem ser retiradas do próprio paciente e injetadas nas áreas a serem regeneradas, com processos minimamente invasivos.

É nesse ponto que a ciência vem para contribuir com qualidade de vida.

.